Aqui você encontra a arte de contar histórias (storytelling)
entrelaçada à educação, literatura, brincar, educação ambiental e cultura de paz.

Livros grátis Itaú 2017 - Coleção Itaú Criança


Peça Grátis
Clique e peça a sua coleção Itaú de livros infantis grátis 2017 *:
https://www.itau.com.br/crianca/pratique/

Clique e Curta a fanpage do Blog Contar histórias
leia on-line contos para todas as idades e saiba mais sobre a arte de contar histórias:
http://fb.me/Fabiolisboacontarhistorias

* Preencha os dados, clique na caixa cinza “próximo”, que fica abaixo e à direita da tela, e aguarde a mensagem de “efetivação com sucesso”. O envio é feito em 25 dias úteis, ou seja, depois de meses você recebe, mas se visualizou a mensagem de efetivação cedo ou tarde, você recebe a coleção. Quando não há mais estoques não é possível preencher a ficha e nem solicitar a coleção de outra forma.

Depois de solicitar, volte e viaje nas informações abaixo desta e de outras coleções

Obs: 
Queridos leitores do blog e interessados nos livros da Coleção Itaú,
Gostaria de deixar claro que apenas divulgo o importante projeto do Banco Itaú mas não faço parte da administração do mesmo. Portanto, não posso ajudar quanto a problemas técnicos quanto ao envio do formulário e-ou recebimento dos livros, envio de grandes quantidades nem tampouco tenho o contato dos administradores do projeto. Não é possível solicitar coleções antigas. Só é possível solicitar enquanto durarem os estoques. 
Peça seus livros grátis da coleção Itaú 2017 e saiba mais em www.itau.com.br/crianca Fique atento e não perca a data, que, geralmente, se encerra no último dia do mês de Outubro.


A Coleção Itaú Criança 2017

Storyteller Internacional Antonio Rocha no Brasil


Storyteller Internacional Antonio Rocha em São Paulo

Em breve passagem pelo Brasil, o ator, narrador e mimico Antônio Rocha, que reside há quase 30 anos nos EUA, iria compartilhar na Casa da História um pouco de sua pesquisa, que envolve teatro, mimica e narração de histórias.

Narração Eloquente
Oficina de Contação de Histórias com Antonio Rocha

Oficina Narrando Clássicos, Vivendo Contos de Fadas

Workshop com Fabio Lisboa

Nesta oficina, contos de fadas - tanto os famosos quanto os pouco conhecidos - são narrados pelo palestrante e participantes de formas atuais e cheias de sutilezas, interações e riqueza de interpretações. Os contos são entremeados por teorias, práticas e segredos da arte de contar histórias. Os participantes são convidados a (re)contarem histórias da tradição oral, da literatura clássica e contemporânea bem como exercitam a capacidade de transformar acontecimentos pessoais em contos maravilhosos. A experiência se completa com o entendimento dos contos de fadas reais do nosso tempo e a possibilidade de alargamento do tempo ficcional pessoal em vista do “viver feliz para sempre”.

Incluso: certificado e mini-apostila.
Duração total da Oficina: 3h30
Datas: sábado, 24 de junho de 2017
Horário: das 9h às 12h30
Local: Espaço Harmonia na Terra - Rua Herculano, 288- Perdizes (próx. ao metrô Vila Madalena)

Inscrições:
contato@harmonianaterra.org (assunto: CONTO DE FADAS).
fone.: (11) 99189-7133 whatsapp

Abrindo uma nova estrada



Recontado por Fabio Lisboa

Houve um tempo - esperamos que não o nosso - em que os velhos eram considerados um peso para a sociedade. 

Um rei - ele mesmo já um velho - também queria se livrar deste peso. Visto que ele próprio não seria enquadrado no que quer que fosse decretado pelo rei pois naquele reino as leis para os nobres e pobres eram bem diferentes, baixou o decreto de uma lei que obrigaria os velhos - ressalte-se bem, os velhos plebeus - a trabalharem até estarem perto do fim da vida.

Acontece que aquele fora um ano de seca e escassez, tanto meteorológica quanto cooperativa e intelectual. E daquele jeito, nem o trabalho de todos estava dando conta de fazer o reino próspero, sustentável e, principalmente, feliz. Então o rei complementou a sua ideia:

- Já que quase não tem força para o trabalho, os velhos devem trabalhar mais tempo que os jovens para compensar a sua fraqueza - argumentou, digo, decretou o monarca.

Todavia, um dos mais respeitados agricultores do reino se recusou a expor o seu próprio pai a essa situação. Seu pai tinha sido um grande lavrador mas agora merecia descansar. Em vista da dificuldade que todos enfrentavam na lida com a terra, o filho pediu aconselhamento ao pai, que disse:

- Neste finzinho de ano, filho, comece arando a beira da estrada e continue fazendo isso até o começo do ano novo.

O filho não entendeu a vantagem daquilo mas resolver ouvir o conselho do pai e fez o que ele havia proposto.

Alimento do Corpo, Alimento da Alma


Se a comida é o alimento do corpo, as histórias são alimento para a alma. Nesta sessão, a mesa do ouvinte está farta: Contos da tradição oral e indígenas, histórias sobre a história da alimentação e narrativas pessoais do contador de histórias que, mesmo sendo filho de nutricionista, na infância não gostava de salada e nem de feijão. A apresentação é balizada nos conceitos do Ano Internacional Unesco das Leguminosas (2016), abordando saúde, nutrição, sustentabilidade, segurança e educação alimentar. Um prato cheio, saboroso e nutritivo, para quem quer aprimorar o ditado: “Somos o que comemos”. Afinal, as histórias nos ajudam a ser sempre melhores do que já somos.


Programação:



História: Nasrudin (ainda) em busca da memória






Uma semana depois de Nasrudin visitar o médico em busca de tratamento para melhorar a sua memória:

- Doutor, continuo achando que estou perdendo a memória...
Médico: - Vamos às causas, Nasrudin, quando isso começou?
Nasrudin: - Quando começou o quê, Doutor?

Duas semanas depois...
Médico: - E sua memória, Nasrudin, está ficando melhor?
Nasrudin: - Sim, agora eu já consigo lembrar que esqueci alguma coisa...

História da tradição oral árabe
Reconto: Fabio Lisboa
Post Relacionado

História: Nasrudin em busca da memória