Aqui você encontra a arte de contar histórias (storytelling)
entrelaçada à educação, literatura, brincar, educação ambiental e cultura de paz.

História: Dois Lobos dentro de mim


Conto Cherokee recontado por Fabio Lisboa

Os anciões Cherokee estavam preocupados com um dos garotos da tribo que, por se sentir injustiçado, tornou-se agressivo. O avô do menino o traz para perto de si e diz:

- Eu entendo sua raiva. Há uma batalha terrível entre dois lobos que vivem dentro de mim. Esses dois lobos tentam dominar o espírito de todos nós.

Um é Mau. Seus dentes são fortes como raiva, inveja, ciúme, tristeza, cobiça,
 arrogância, pena de si mesmo, culpa, ressentimento, inferioridade,
 orgulho, superioridade e ego.

 O outro é Bom. Seu olhar é forte como alegria, esperança, serenidade, paz, humildade, empatia, bondade, generosidade, verdade, perdão, compaixão, harmonia e fé.

 O neto pensou nessa luta e perguntou ao avô:
 
- Qual lobo vence?
 
O velho índio respondeu:

- Aquele que você alimenta!

Referências

Esta história é tradicionalmente contada pelo povo Cherokee e se tornou uma parábola recontada em muitas culturas. Existe a versão mais curta que não fala sobre a agressividade do menino e não se estende sobre os predicados dos lobos. Eu recontei aqui a versão mais longa. Tive a sorte de ter um avô contador de histórias e acho poderosa esta imagem de um adulto mais velho que entende os dilemas das crianças, que confessa que também tem suas fraquezas mas que dá pistas de como superá-las.

Este conto também dialoga com (e entremeia) a série de postagens sobre o tema Criança e Consumo: Que histórias estamos contando... ao refletir sobre como estamos alimentando subjetiva, cultural e espiritualmente as futuras gerações.

Imagem
Foto-montagem acessada no site da ONG Força Jovem Brasil do Espírito Santo.

8 comentários:

Thiago Freires disse...

Acho muito interessante qdo pensamos nesse lobo socialmente. A "sociedade" tantas vezes terceirizada por nós, nada mais é que a alcatéia (??!). E quando a julgamos, seja bem ou mal, tendemos a esquecer que não existem alcatéias sem que haja lobos. Fico me perguntando, quando finalmente os lobos irão ao divã ?! Todo pedacinho de literatura ajuda ...

Unknown disse...

Achei isto fenomenal. O homem precisa saber que se ele não trabalhar(integrar)esses dois animais ele jamais terá sossego

laís disse...

Da para incurtar a historia é que tenho muitos compromissos e nao posso ler tudo!Se der pf me passe o cite.Dono do cite

sandra valeria mendonca de souza disse...

dois lobos dentro de mim ..... é uma sábia visao de que o homen tem dois lados e que o homen tem a opção de qual vai alimenta-lo dentro de si mesmo... muito bom!!!!!!

Luiz Rocha disse...

Meu caro, a raiva, inveja, ciúme, tristeza, cobiça,
arrogância, pena de si mesmo, culpa, ressentimento, inferioridade,
orgulho, superioridade, SÃO o próprio Ego. Abraço.

Marcio Bettecher disse...

Fabio, meus parabéns pelo seu trabalho. Que lindo ver os olhos das crianças brilharem quando você conta um conto. Mas também quero lhe falar de Jesus. Somente Ele é o Filho de Deus, que foi entregue pelos nossos pecados como pagamento pelo pecado. Jesus morreu na cruz pelos nossos pecados e ressuscitou dos mortos e reina ao lado de Deus Pai. Creia neste sacrificio de Cristo e tenha a salvação eterna. Abraço, Marcio Bettecher

Marcio Bettecher disse...

Fabio, meus parabéns pelo seu trabalho. Que lindo ver os olhos das crianças brilharem quando você conta um conto. Mas também quero lhe falar de Jesus. Somente Ele é o Filho de Deus, que foi entregue pelos nossos pecados como pagamento pelo pecado. Jesus morreu na cruz pelos nossos pecados e ressuscitou dos mortos e reina ao lado de Deus Pai. Creia neste sacrificio de Cristo e tenha a salvação eterna. Abraço, Marcio Bettecher

Anônimo disse...

Belíssimo trabalho Fábio, de maneira sucinta e objetiva conseguiu difundir o conto Cherokee. Parabéns! Sou o aluno da Puc que escreveu o Fio original. Ahoo

Postar um comentário