Aqui você encontra a arte de contar histórias (storytelling)
entrelaçada à educação, literatura, brincar, educação ambiental e cultura de paz.

Palestras, cursos, oficinas, treinamento / teacher training


Experiência no treinamento de educadores da rede particular e pública, professores de inglês, contadores de história, arte-educadores, recreacionistas, executivos, líderes comunitários e estudantes. Consulte projetos de responsabilidade social e ambiental, palestras, cursos e oficinas como Aprender não dói, A Construção da Resiliência Infantil e o Brincar, English is FUN, Educando com Storytelling, Mediação de Conflitos e estes:

(caso alguma(s) proposta(s) agradem, preencha abaixo a Ficha de Interesse)

Pensar, narrar, se emocionar e envolver

Oficina Princípios da Arte de Contar Histórias
Neste workshop, buscaremos os elementos que transformam a “Hora do Conto” em um momento inesquecível. Enfoque na interatividade e no aspecto emocional das histórias na escola: “Conquiste corações, conquiste a sua classe.” Mas será possível encontrar técnicas de contação de histórias que agradem crianças, jovens e adultos?

Duração: 4 horas (também disponível em formato Palestra-Oficina: 1:30h)
Necessidades técnicas: consulte no fim deste post.

• Histórias que saem dos livrosContar Histórias em 5 Es

Como encontrar pérolas num mar de histórias... Como fazer textos e imaginação saírem dos livros... Esta palestra-oficina descortina o que está por trás de um conto bem contado apoiada por bibliografia prática e conceitos teóricos baseados em 5 Es. Mais informações em www.contarhistorias.com.br.


Duração: Formato Palestra=1:30 h | Formato Oficina = 3 a 6 horas.
Necessidades técnicas: consulte no fim deste post.

• Palestra-Oficina Histórias como Alimentos Afetivos
        O que faz o ser humano ter fome de ouvir histórias? Por que, ao contar historias, nutrimos as crianças de afeto? Como as histórias podem propiciar um ambiente acolhedor desde o berço?
Fabio Lisboa aborda estas perguntas partindo de respostas adotadas em Reggio Emília e das pesquisas do especialista em afeto, resiliência e narrativas, Boris Cyrulnik, usando sua prática de educador e narrador, contando e ouvindo histórias nesta palestra “prática-teórica”. Mais informações em www.contarhistorias.com.br. Postagem sobre o tema: Por que contar histórias para bebês e crianças?

Duração: Palestra-Oficina=1:30 hora | Oficina = 3 horas.
Necessidades técnicas: consulte no fim deste post.

• O Imaginário Transformador
             Usando a imaginação, os participantes buscam transformar objetos simples em elementos lúdicos dando vida às palavras. Nesta palestra-oficina: “Objeto vira brinquedo, brinquedo vira personagem e personagem vira criança”. Texto-base disponível no blog.

Duração: Palestra=1 hora | Oficina = 4 horas.
Necessidades técnicas: consulte no fim deste post.

• O Tradicional e o Novo ao Contar e Criar Histórias
              Palestra que parte da ideia do livro O Mistério Amarelo da Noite que agrega: explanação teórica sobre a tradição oral, hipermídia e os novos suportes e recursos audiovisuais para a arte, performance de contação de história, atividade de incentivo à criação literária e debate. Leia postagem sobre o tema.

Duração: Palestra = 1 hora | Oficina = 4 horas.
Necessidades técnicas: consulte no fim deste post.


Oficina de Contação de Histórias: Contando e Recriando Valores
http://www.fabiolisboa.com.br/2009/06/contando-e-recriando-historias-junho.html
Necessidades técnicas: consulte no fim deste post.


• Descobrindo tesouros literários - Mediação de Leitura e Contação de Histórias
Contando histórias e realizando dinâmicas, as práticas sobre mediação de leitura são experimentadas de um jeito prazeroso, como dever ser a leitura. Os participantes embarcam em um navio repleto de tesouros valiosíssimos e perguntas essenciais mas todos eles vão caber em pequenos livros e estes vão ser percebidos como tão valiosos quanto as maiores riquezas. Quanto à perguntas essenciais à vida, os livros também ajudam a responder. Quanto à pergunta principal da oficina, também tentaremos, vivenciando técnicas, responder: Como mediar e incentivar a leitura entre crianças, jovens e adultos e entre pré-leitores, leitores iniciantes, em formação, avançados e críticos?

Duração: Oficina = de 3 a 6 horas.
Necessidades técnicas: consulte no fim deste post.

• Livros falam, corações escutam:
Oficina de leitura (para pais e filhos, avós, crianças e bebês!)

Nesta atividade intergeracional para pais, filhos, avós, crianças e bebês os livros falam ao coração. Os participantes ouvem histórias juntos, descobrem a importância de ler e ouvir contos e contam, então, histórias uns para os outros.

Juntos, de jeitos simples mas intenso, faremos os livros ganharem vida e mexerem com os nossos sentimentos. Uma oportunidade de incentivar o gosto pela leitura e estreitar lações afetivos. Afinal, quando permitimos que os livros falem e o nosso coração escute, pessoas se entendem, o amor se enlaça e lindas histórias se desenlaçam.

Temas presentes:
- A experiência prática de ouvir, contar histórias e ler para crianças.
- A importância de se contar histórias e incentivar a leitura.
- Como contar histórias e desenvolver sentimentos positivos em relação a elas.
- Como compartilhar leituras com bebês, pré-leitores e leitores iniciantes/em-processo/ avançados.
- Os Direitos do Leitor e do Ouvinte
- Como os pais podem fazer um livro falar e o coração dos filhos escutar.

Artigos Relacionados:

Brincar, contar histórias, cantar, dialogar: A importância destas atividades para o desenvolvimento infantil

Por que contar histórias para bebês e crianças?

Por que ler?

Direitos do Ouvinte

Duração: Formato Sintético = 40 min a 1:30h | Formato Estendido = 2 a 3 horas.
Necessidades Técnicas: Consulte no fim deste post.

Público: A atividade é Livre para todas as idades.

Educação Ambiental e Cultura de Paz

• “Contar Histórias e Brincar na Construção da Cultura de Paz e no Reencontro com a Natureza”

            Ciclo de oficinas - já realizado na UMAPAZ (Universidade Livre do Meio Ambiente e da Cultura de Paz) - para o aprimoramento de técnicas e conceitos relativos ao ato de se contar histórias e brincar. Narrativas, reflexões teóricas e dinâmicas expõem como estas duas atividades podem contribuir na construção de uma cultura de paz e de uma nova consciência ambiental.

Duração: 12 encontros de 4 horas = 48 horas (pode ser dividido em oficinas individuais de 4 horas).

Necessidades Técnicas: Som (CD Player), 2 mesas, data-show.


• Contar Histórias: Olhar para a Empatia, vislumbrar a Paz

Apesar de haver a percepção de que vivemos numa “cultura de competição e de guerra” na qual a empatia é ignorada, nosso propósito é mostrar que a realidade pode ser outra. Mas como e por que o ato de contar histórias pode contribuir para o desenvolvimento da empatia e a formação desta outra realidade, de uma cultura de paz?

Nesta palestra-oficina, buscaremos respostas a estas duas perguntas e nos aprofundaremos no estudo e prática da empatia, a capacidade de se colocar no lugar do outro, através de um olhar para:

1: Teóricos das ciências humanas e biológicas (Boris Cyrulnik, Frans de Waal).
2: Relatos e reflexões pessoais (do palestrante e de alguns participantes que se interessarem em compartilhar suas experiências).
3: Contos propriamente ditos (técnicas de contação de histórias, de mediação de leitura e de brincar de contar histórias).

Duração: Palestra = 1 hora | Oficina = 4 horas.
Necessidades Técnicas: Som (CD Player), 2 mesas, data-show.

• “Curso Introdutório em Mediação de Conflitos” Construindo e Mediando nossas Histórias
http://www.fabiolisboa.com.br/2009/09/construindo-e-mediando-nossas-historias.html

Inglês

• Palestra Educando com Storytelling / Workshop “Storytelling: Conquer Hearts, conquer your class” já realizadas no SESC Pinheiros para professores de inglês e coordenadores pedagógicos da EFALL (English for All) e na DISAL no “Annual Teachers Encounter” do CELLEP. Duração: Palestra: 1 hora. Workshop: 3 horas. http://www.fabiolisboa.com.br/2010/05/stories-in-esl-classroom.html

• “English is FUN: Creativity and new tools for teaching kids” – oficina prática para professores de inglês para crianças realizada na Livraria Internacional SBS.


Brincar

• O Tempo e o Direito de Brincar
Palestra abordando conceitos básicos de gerenciamento de tempo (visão de Christian Barbosa -“A Tríade do Tempo”) associados à importância do tempo e do direito ao brincar (visão da IPA – Associação Brasileira pelo Direito ao Brincar e à Cultura). Os participantes refletem juntos sobre as suas práticas relacionadas aos temas abordados. Os conceitos são ilustrados por contos da tradição oral e histórias pessoais contadas por Fabio Lisboa.
Duração: Palestra = 1 hora | Oficina = 4 horas.
Necessidades técnicas: consulte no fim deste post.

• Brincar: Um Novo Olhar
Oficina abordando a importância e a prática do brincar no desenvolvimento infantil

É possível enxergar a vida de um jeito belo, leve e lúdico? Acreditamos que sim, e assim, nesta oficina, brincamos, refletimos e vislumbramos: Qual a situação do brincar nos âmbitos educacional e familiar? Por que e como brincar? Como se brinca em cada fase de crescimento? Oficina prática-teórica que visa a sensibilizar os participantes sobre a importância de atividades lúdicas como: Brincadeiras tradicionais, jogos cooperativos, brincar de contar histórias – com os livros, com a voz, o corpo, objetos e palavras.

Duração: Palestra = 1 hora | Oficina = 4 horas.
Necessidades técnicas: consulte no fim deste post.

• “A Construção da Resiliência Infantil e o Brincar” – em parceria com Marilena Flores Martins, realizada no 5º Congresso Humanização Hospitalar em Ação. http://www.fabiolisboa.com.br/2010/02/educacao-comunicacao-amor-e-resiliencia.html

• “A Importância do Brincar”- Conscientização teórica e prática sobre o tema no projeto Einstein para a Comunidade (Paraisópolis), para pais e educadores do projeto.


Necessidades Técnicas

- 2 Mesas livres,
- 1 cadeira,
- Tomada (ou extensão) próxima a uma das mesas,
- Data-show completo (com computador)
- Cadeiras dos participantes em meia lua e, se possível, espaço livre para dança circular e para o contador circular entre os participantes.
- Se houver, espaço livre para a realização de brincadeiras.
- Se possível, presença de técnico de som ou responsável pela montagem e manipulação dos equipamentos, inclusive, durante as atividades.

Se forem programadas apresentações para grupos acima de 40 pessoas, é recomendado:
- Microfone (preferencialmente do tipo headset – que deixa as mãos livres) e caixa amplificadora para o mesmo (caso não haja, posso alugar, diária = R$ 150,00),

Tempo mínimo para preparação do local: 30 minutos. É gentileza deixar o local preparado e os equipamentos montados com, no mínimo, 40 minutos de antecedência.



ORÇAMENTO
Para levar algum destes cursos ou palestras até a sua empresa, escola ou instituição mande um e-mail solicitando orçamento para fabio.lisboa@imagineprojetos.com

FICHA DE INTERESSE
O preenchimento desta ficha não garante a inscrição em nenhum curso e nem lhe será cobrado nada por isso. Ao preenchê-la você será avisado dos próximos cursos e poderá tomar atitudes como efetuar o pagamento (ou não, caso o curso seja gratuito) e preencher a ficha de inscrição oficial na data programada. Seus dados são confidenciais e não serão repassados a terceiros.


O preenchimento dela nos ajuda a programar cursos adequados e conhecer melhor nossos colegas, aprendizes, mestres, visitantes. Sinta-se livre para ser breve (respondendo apenas as perguntas *obrigatórias) ou refletir e responder com maior profundidade a todas as questões. Dos dois jeitos, é um prazer te conhecer!

* resposta obrigatória

                                Ficha de Interesse




Nome *


E-mail para contato *


Assunto (motivo do contato):


Data de Nascimento
Telefone(s)
Localidade em que reside (Cidade, Estado, País)*
Área de interesse *

(Literatura Infantil, Brincar, Educação ambiental, Cultura de Paz, Ensino de Inglês, Storytelling ou TODAS
)

Dias e horários disponíveis para a realização do curso*

Profissão e escolaridade

Você já fez algum curso de contação de histórias ou outro dos temas principais deste blog (Contar Histórias | Literatura Infantil | Brincar | Educação ambiental | Cultura de Paz | Ensino de Inglês | Storytelling)? Onde? Com quem? Qual a duração?




Caso conte histórias, como se dá a sua relação atual com esta arte? (conta apenas para os filhos/ familiares/amigos, voluntário(a), profissional, professor(a), recreacionista, estudante, bibliotecário(a) etc. Onde? Para qual faixa etária? Com que freqüência?

 
Caso trabalhe com outros temas ou associe a contação de histórias a estes temas descreva sucintamente como faz isso. Onde? Para qual faixa etária? Com que freqüência?

Como pretende que seja em breve? Com qual temas e faixas etárias pretende atuar?
Agradecemos muito a sua participação. Você será avisado dos próximos cursos e/ou postagens. Esperamos encontrá-lo(a) pessoalmente em breve!

Assista a um trailer do curso com a opinião dos participantes:



2 comentários:

Anaísa disse...

Gostei muito do seu site. Visite meu blog sobre Contação de histórias: anaisanantes.blogspot.com

Debora Rodrigues disse...

Sou professora de ensino fundamental , depois que fiz um curso de contação de histórias no sesc, não parei mais de contar histórias.
Contar histórias é viver histórias, a gente não para mais. Gostaria muito de participar de um curso, mas como moro em Joinville, SC, aguardo sua passagem por aqui por perto.

Postar um comentário