Aqui você encontra a arte de contar histórias (storytelling)
entrelaçada à educação, literatura, brincar, educação ambiental e cultura de paz.

O medo e o acolhimento


por Maria Paula Barros

“Mãe, posso dormir na sua cama?” é uma das frases mais comuns nas noites de quem tem filho pequeno.  Muitas vezes, a voz da criança nos mostra um medo verdadeiro e uma certeza de que ele não pode ficar sozinho.  Como ajudar a criança nesses momentos?

História Nasrudin: A Lua ou o Sol?



O Mulá Nasrudin refletia sobre uma pergunta de celestial importância:
“Quem é mais importante: a Lua ou o Sol?” Seus olhos se arregalaram ao ser iluminado pela resposta:
- A Lua!
- Mas por que, mulá?

As jóias da família

por Maria Paula Barros 

Contar histórias pode demandar métodos, objetos, fantoches, técnicas e um jeitinho especial de encantar os ouvintes. E como é gostoso ver as crianças hipnotizadas por um contador de histórias!

Mas antes que você fale que não leva jeito para contar histórias, lembre-se de que as histórias mais preciosas para qualquer criança ou adulto, são aquelas pérolas escondidas dentro dos nossos corações: as histórias de família.

Evento “Conversas ao pé da página”: Ler e contar histórias criam conexões e ajudam a enfrentar as crises

Leitura favorece a construção de laços e de significados

 


O contato com a leitura literária na primeira infância é fundamental para a formação psíquica do ser humano porque promove o acesso a diferentes linguagens e culturas, o que favorece a construção de significados. A conclusão é dos colombianos Evélio Cabrejo-Parra, doutor em linguística pela Universidade Paris-Sorbonne, em Paris (França) e Yolanda Reyes, mestre em Língua e Literatura Espanhola pelo Instituto de Cooperação Ibero-americano de Madri (Espanha).

Os dois especialistas participaram do segundo seminário da série Conversas ao Pé da Página, promovido na capital paulista pelo Serviço Social do Comércio do Estado de São Paulo (Sesc/SP) no dia 17 de maio. O Conversas ao Pé da Página é realizado em parceria com o Instituto C&A e a Coordenadoria de Bibliotecas do Município de São Paulo [e é organizado por A Cor da Letra - Centro de Estudos em Leitura, Literatura e Juventude e a Revista Emília -especializada em leitura e literatura juvenil].

A série de seminários, consta de seis encontros entre abril e outubro de 2011. A ação busca fomentar:
- Formação de leitores,
- Reflexão sobre o papel e a importância da leitura,
- Formação de mediadores,
- Intercâmbio de experiências latino-americanas.

“A criança pequena precisa de leite materno, carinho e linguagem”, sintetizou Cabrejo-Parra, esclarecendo que a linguagem a que se refere não deve estar reduzida a falas cotidianas e a orientações aos pequenos.