Aqui você encontra a arte de contar histórias (storytelling)
entrelaçada à educação, literatura, brincar, educação ambiental e cultura de paz.

ECOHVALE - 1o. ENCONTRO DE CONTADORES DE HISTÓRIAS DO VALE DO PARAÍBA


ECOHVALE - 1o. ENCONTRO DE CONTADORES DE HISTÓRIAS DO VALE DO PARAÍBA 

(13 a 16 de maio de 2015, cidade de Lorena-SP)


Nos Caminhos da Oralidade

O vale do Paraíba tem uma importância cultural estratégica seja por unir dois grandes centros como Rio de Janeiro e São Paulo, seja por estar na confluência com a serra da Mantiqueira e o sul de Minas Gerais e a Serra do Mar. Historicamente foi palco de muitas passagens importantes na formação da identidade brasileira e centro de atração das mais diversas culturas que culminou por formar a própria identidade paulista. Também por isso foi berço de uma cultura popular riquíssima que até hoje mexe com o imaginário nacional. Na região nasceram grandes poetas e escritores sendo o mais ilustre deles Monteiro Lobato, o visionário empresário que soube capilarizar as matrizes da formação nacional criando personagens que tipificam esta prolífera região brasileira.



No princípio, no entanto, era o verbo que por aqui corria solto. Aqui estavam as histórias dos povos nativos que primeiro a habitaram; em seguida chegaram as histórias dos negros africanos trazidos escravos; depois o verbo veio montado nos burros que cortavam São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro; mais recentemente o verbo apareceu trazido pelos migrantes europeus que vinham trabalhar nas lavouras de café e, finalmente, a palavra se fez presente pela voz dos retirantes oriundos de distintas regiões do País.

Isso já nos dá motivos de sobra para festejar nossa diversidade regional! Porém, queremos um pouco mais que isso. Queremos reunir estas diferentes palavras – que se manifestam em diferentes formas, ritmos, cantos, danças e histórias – para nos conhecermos melhor e festejar aquilo que nos une na diferença: a oralidade.

É com este mote que estamos propondo a realização do  ECOHVALE – 1º. Encontro de Contadores de Histórias do Vale do Paraíba a ser realizado entre os dias 13 a 16 de maio de 2015, na cidade de Lorena. Durante esses dias teremos uma programação variada que irá contemplar palestras, Rodas de Conversas, oficinas e uma maratona de contação de histórias que será realizada em diferentes espaços da cidade de Lorena ou, dentro das possibilidades, em outras cidades da região do Vale do Paraíba. Para isso convidamos nomes consagrados na arte de contar histórias que virão nos brindar com sua experiência e arte fortalecendo os grupos locais de contadores de histórias.

Para esta primeira edição homenagearemos a Amazônia trazendo de lá contadores de histórias para nos fazerem conhecer a magia dos encantados escondida na grande floresta amazônica e repassada por gerações através da palavra.
Nossa programação irá alcançar todos as faixas etárias e queremos contar com a presença de diferentes grupos de contadores de história da região, de educadores das redes de ensino, de estudantes universitários e, claro, crianças e jovens em nossos saraus e maratona de contação de histórias.

Nossa proposta quer se transformar numa metodologia capaz de ser replicada nos diferentes municípios da região atingindo, assim, o público valeparaibano de maneira dinâmica e estratégica na formação de leitores conscientes de seu papel social. Dessa maneira cumprimos nosso papel de artífices nas construção de uma pátria mais educadora.

PROGRAMAÇÃO

1º Dia –13/05 - Quarta-feira (FATEA)

8h00 às 09h00 – Credenciamento
09h30min – Acolhimento Poético (Grupo de Contadores da FATEA - Lorena/SP)
Grupos de cultura local
09h45 às 10h15 – Mesa de Acolhida:
Daniel Munduruku - Presidente do Instituto UKA
Autoridades e apoiadores do evento

10h30 às 12h15 - Conversa com Regina Machado

14h00 – Grupo de cultura de Lorena
14h30 às 17h00 – Roda de conversa afro-brasileira
Facilitador:  Sansakroma Sem Fronteira – Cantos e Contos com  Arte Africana
18h às 18h50 – Redemoinho de histórias
Local: Praça da Matriz
19h00 – Audiência pública sobre a construção do plano Municipal do Livro, Leitura e Literatura
Local: Câmara Municipal de Lorena
Organização: Instituto Uka, Polo de Leitura ValeLendo

2º Dia – 14/05 - Quinta-feira (FATEA)

08h30min – Acolhimento poético (Grupo de Contadores Cirandeiros da Palavra/PA)
9h00 - Mesa redonda – Histórias de contadores de histórias
Grupo Malba Tahan de Contadores de histórias da FATEA (SP)
Sônia Santos (PA)
Mediação: Olga Arantes (Fatea)

10h às 10h30 –Debate

10h30 as 10h45 – Intervalo

11h às 12h15min- Mesa redonda – Mitopoética
Saci – Prof.ª Ms. Margareth Marinho (MG)
Boto – Juraci Siqueira (PA)
Makunaima - Cristino Wapichana (RR)
Mediação: Giselle Ribeiro (PA)
30 minutos de Debate
12h45 – Intervalo para almoço

TARDE - 14h às 18h - Oficinas
Oficina 01 – Reencantar o mundo contando histórias - Margareth Marinho (MG)
Oficina 02 – A oralidade: No principio era o verbo - Os fios da memória presentes na voz do Contador de histórias – Andréa Cozzi (PA)
Oficina 03 – Contação de Histórias de Malba Tahan – Olga Arantes e grupo Malba Tahan de Contadores de Histórias
Oficina 04 –Ler e contar, contar e ler  - Francisco Gregório (RJ)
Oficina 05 – Contando histórias de índio? - Cristino Wapichana (RR), Edson Krenak (MG) e Tiago Hakiy (AM)
18h30min às 19h30min – Roda de histórias ou cortejo com música e poesia.

20h30min – Palestra-poética com Socorro Lira

3º Dia – 15/05 – sexta-feira
8h00 – Acolhimento poético
Tiago Hakiy (AM) e Antonio Juraci (PA)
8h30 as 9h30 – Roda de conversa sobre cultura popular
Valdeck de Garanhuns (PE) – Mitos e Lendas Brasileiras
Francisco Gregório (RJ) - Oralidade, afeto, cidadania e Práticas Leitoras: vivências de um contador de histórias.

9h30 as 9h45 – Debate
9h45 às 10h – Intervalo

10h00 às 12h00 – Roda de conversa Indígena
A história de Uma Vez
Daniel Munduruku (SP)
Cristino Wapichana (RJ)
Mediação: Edson Krenak (MG)
12h as 12h15 - Debate


TARDE - 14h às 18h - Oficinas

Oficina 01– Reencantar o mundo contando histórias - Margareth Marinho (MG)

Oficina 02 – A oralidade: No principio era o verbo- Os fios da memória presentes na voz do Contador de histórias – Andréa Cozzi (PA)

Oficina 03 - Contação de Histórias de Malba Tahan – Olga Arantes e grupo Malba Tahan de contadores de Histórias/Lorena

Oficina 04 – Ler e contar, contar e ler - Francisco Gregório (RJ)

Oficina 05 – Contando histórias de índio? - Cristino Wapichana (RR), Edson Krenak (MG) e Tiago Hakiy (AM)

NOITE
18h30 às 19h30 – Caçada ao Saci
Local – Parque Municipal Águas do Barão.
20h00 – Palestra espetáculo com Bia Bedran

4º dia – 16/05 – Sábado

09h00 às 12h00 – Maratona de contação de histórias
Local: praça Arnolfo Azevedo (evento aberto ao público)

A ideia é que este momento seja vivenciado especialmente pelas crianças e os contadores de histórias presentes se revezem e realizem performances de contação de histórias.


Mais informações:

FICHA DE INSCRIÇÃO PARA O ECOHVALE

http://www.danielmunduruku.com.br/2015/03/ficha-de-inscricao-para-o-ecohvale-1.html


Onde ficar / se hospedar:

http://institutouka.blogspot.com.br/2015/03/hospedagem-para-o-ecohvale-1-encontro.html

 

0 comentários:

Postar um comentário